14 maio 2017

Música: Seguidores de Cohen.

Olá, nesse dia das mães chuvoso aqui em Porto Alegre eu trago uma postagem nostálgica e bucólica, para combinar com o dia!
Em novembro faz 1 ano que o mestre Leonard Cohen nos deixou! Um dos maiores gênios da nossa geração, cantor, poeta, romântico. Cohen é aquele tipo de artista que faz bem para a mente, alma e é claro ouvidos.
Me lembro que 2016 foi repleto de percas no meio artístico, mas pessoalmente nenhuma me causou tanto impacto como a do autor de Suzanne, uma das maiores obras primas que a
música já presenciou.

28 abril 2017

Filmes: Shame (2011)

Olá pessoal, acho que agora vou escrever bastante sobre filmes já que eu me dispus a assistir um por dia (sim, é uma meta pessoal) e vou dar uma entrada polemica aqui com o filme Shame de 2011, do diretor Steve Mccquen.
Vamos lá, antes de fazer a resenha eu vou ser sincera, se você não gosta de cenas de nudez explicita e sexo, por favor pare de ler esse post aqui, porque esse filme não irá te agradar! Mas se você é como eu que tá de boa e acha que tudo é corpo humano, continue lendo.
Vou deixar a sinopse para vocês e abaixo a resenha:

"Brandon (Michael Fassbender) é um jovem de sucesso, com trinta e poucos anos, que vive confortavelmente no seu apartamento em Nova Iorque. Para se distrair da monotonia do dia-a-dia, ele seduz mulheres, embrenhando-se numa série de romances condenados e casos de uma só noite. No entanto, o ritmo de vida rigidamente controlado de Brandon entra em colapso quando Sissy (Carey Mulligan), a irmã rebelde e conturbada, aparece inesperadamente."

19 abril 2017

Música: 5 bandas para entender o estilo Grunge.

Olá, eu estava sumida porque estava com um bloqueio criativo enorme, que felizmente já passou! O post de hoje é o primeiro de uma série, em que eu vou trazer 5 bandas definitivas de cada sub-gênero do rock, não prometo postar tal dia ou fazer um numero X de postagens, vai do que der na minha telha, haha.
O primeiro estilo dessa série é um dos mais conhecidos entre os adolescentes e por isso carrega um certo preconceito entre o pessoal mais velho. O grunge teve inicio no final da década de 80 e seu auge nos anos 90, com a explosão das bandas de Seattle, tanto que esse estilo também é conhecido como Seattle Sound, as principais influencias do gênero são Indie Rock, Heavy Metal e o Hardcore. Com letras deprimentes. um som sujo e músicos desleixados, os shows das bandas grunge rejeitaram tudo o que o rock trazia até então pirotecnia, efeitos de luz e visuais, nada disso fazia sentido o negócio era tocar, sem grandes pretensões.
Colocar apenas 5 bandas nessa lista, não é tarefa fácil posso ser injusta com alguém, mas parafraseando uma amiga "vida que segue" e se a vida segue, a lista começa:

30 março 2017

Livros: Kafka - Um artista da fome (seguido de na colonia penal e outras histórias)

Fazia tempo que eu não publicava nada nessa sessão, mas vou tirar o atraso com um dos livros mais marcantes da minha vida.
Kafka não deve ser lido, deve ser sentido, absorvido. Esse livro tem um significado muito especial para mim também porque foi a minha avó que comprou ele para mim antes de falecer.
Eu poderia tentar fazer uma analise muito profunda dele, mas não me atrevo. Vou me ater ao básico, as impressões que tirei e vou tentar instigar ao máximo vocês lerem essa obra.

Música: 8 vezes que Eric Clapton fez participações especiais e essenciais.

Para aproveitar que hoje é aniversário do nosso Slowhand  eu resolvi fazer essa postagem. Antes eu queria dizer que Eric Clapton é o homem dos meus sonhos (literalmente), principalmente naquela fase Yardbirds que ele era muito gato e também no Cream quando ele usava aquele bigode e aquele cabelo e eu vou parar por aqui, vocês estão sabendo muito sobre mim.
Mas não é surpresa para ninguém que Eric além de ser o guitarrista (Hendrix me desculpa, mas Eric é o maior) ele é super camarada, todos os artistas que chamaram ele para tocar junto lá foi ele, ganhar uma parceria com Eric Clapton é tão fácil quanto ganhar um processo pelo Roger Waters, haha.
A agora reúno aqui as 8 vezes que Eric Clapton fez aquela participação num show que o deixou inesquecível:


29 março 2017

Música: Discos solos dos integrantes do Pink Floyd que são imperdíveis.

Cá estou eu aqui novamente, acabei a postagem sobre os Beatles (que você confere aqui) e já começo outra sobre a minha banda do coração, Pink Floyd, que para mim é a melhor e a maior banda que já existiu. E entre as muitas curiosidades que eu pesquiso sobre eles, eu não poderia deixar de ouvir os álbuns e projetos solos dos caras e o que tem de coisa boa não tá no gibi.
Eu vou pular rápido para lista porque eu começo a falar de Pink Floyd e não paro nunca mais:

Música: Álbuns solo dos integrantes dos Beatles (que valem por toda banda).

Quem nunca ouviu falar da turma dos garotos de liverpool? Que ganharam o mundo e conquistaram uma legião de fãs (que podem ser chatos pra cacete como todo bom fã). Eu já ouvi muito Beatles, mas depois pasmem e não me matem, eu perdi o hábito. Não que eu não goste mais, mas passei a ouvir tanta coisa, que me esqueci de ouvir eles, mas esses dias resolvi ouvir o Rubber Soul e foi uma ótima experiencia, o que me fez procurar os álbuns solos que eles lançaram e eu fiquei encantada pois cada um deles tem uma carreira solo muito boa, com altos e baixos é claro, mas dá para ouvir muita coisa boa além dos Beatles em si.
Vamos parar de blá blá e vamos aos álbuns?